Como se tornar um milionário 

A maioria das pessoas sonha em juntar o primeiro milhão mas acredita que isso é uma tarefa árdua que requer no mínimo um salário exorbitantemente alto. Na verdade, juntar o primeiro milhão é muito mais fácil do que parece. 

É claro que ter um salário alto ajuda, mas isso não é uma condição necessária. O foco é no quanto você poupa (e investe) do seu salário. Assim, para juntar 1 milhão, você precisa começar a poupar um dinheirinho todo mês e investir para deixar que os juros compostos façam o esforço por você. 

Mas quanto você precisa poupar por mês?

O nosso cérebro tem uma tendência de pensar de forma linear, o que leva as pessoas a pensarem que para juntar 1 milhão então você precisa poupar 1 milhão. Mas na verdade é necessário poupar bem menos. Isso porque os investimentos crescem de forma exponencial e não linear, graças à mágica dos juros compostos. Então vamos às contas mágicas da corrida para 1 milhão. 

Sim, graças a mágica dos juros compostos, se você quiser ficar milionário em 30 anos, basta poupar R$440 por mês. Isso significa que você vai poupar um total de R$158 mil reais (440 x 12 meses x 30 anos), mas como vai investir esse dinheiro, ele vai render juros, que vão render juros, e assim ao final de 30 anos, você vira um milionário.

Mas 1 milhão vai valer bem menos em 30 anos

Você já aprendeu que daqui a 30 anos, R$1milhão pode valer bem pouco por conta da inflação. Então vamos fazer as contas considerando os juros reais e descontando a inflação. Assim, se R$1milhão compra um apartamento dos sonhos hoje, você terá esse apartamento dos sonhos no futuro mesmo que ele custe mais por conta da inflação. Abaixo estão os valores considerando uma taxa de retorno real de 4% (ou seja, já descontando a inflação). 

As contas acima mostram que se você fizer um esforço de guardar R $1,4 mil por mês e investir esse montante em algo que renda pelo menos IPCA+4%, você será um milionário em 30 anos. Isso significa que você precisa poupar um total de apenas R$504 mil (R$1,4 mil x 12 meses x 30 anos), que o restante do milhão vai vir graças aos juros. Tem como não amar os juros compostos? 

Se você não sabe de onde tirar R$1,4 mil por mês para contribuir para o seu sonho milionário, eu listo abaixo está uma série de sugestões:

  1. Cancelar o pacote de TV a cabo e viver só com Netflix: R$300
  2. Cancelar a academia e malhar em casa ou na rua ou num parque: R$300
  3. Levar marmita para o trabalho pelo menos 3x por semana, assim você ainda confraterniza com os colegas 2x por semana: R$600
  4. Eliminar o cafezinho de 10 reais pós almoço: R$200

TOTAL: R$1,4 mil por mês 

Com esses 4 ajustes ridiculamente simples você se coloca no caminho de ser um milionário em 30 anos. 

Quer chegar lá em 20 anos? Basta vender seu carro. Juntando os gastos com a parcela do financiamento, IPVA, gasolina, seguro, estacionamento e manutenção você chega fácil em R$1,3 mil por mês. Juntando com os outros 4 itens que eu listei acima, você poupa R$2,7 mil por mês e vira um milionário em 20 anos. Acredite, você vai andar de bike, a pé ou de transporte público com um sorrisão no rosto sabendo que essa está sendo uma escolha de 1 milhão de reais (literalmente). 

Aposentada aos Trinta

8 comentários em “Como se tornar um milionário 

  1. Oi, aposentada! E pensar que para garantir 4% reais no Brasil não precisa nem correr risco de renda variável! Uma pena que educação financeira não é matéria escolar por aqui, pois muitas pessoas vivem sem saber da mágica dos juros compostos ou de maneira básica como a economia funciona.

    Abs,

  2. Olá AP30, boa tarde

    Eu possuo algumas planilhas que tem diversas simulações, já distribui para familiares e conhecidos. E compartilho o comentário acima da AMC, da maravilha dos juros compostos. A única dificuldade que dificulta a implementação é a ansiedade e a maioria das pessoas desanima. Mas estou firme no proposito e é gratificante ver a evolução periodicamente.

    Abraços,

    1. Oi VAR!

      Eu entendo muito desse desânimo. Depois que você faz as contas, aí tem que esperar. E o tempo às vezes é longo, leva anos. Eu lembro de sentir muita ansiedade quando ainda faltavam anos para atingir minha meta FIRE. Até escrevi um post sobre isso no antigo Sempre Sábado! O que me ajudou na época era já colocar alguns planos da vida FIRE em prática, como o trabalho paralelo que eu gostaria de ter, trabalhar menos e viver mais, não ser tão caxias com a rotina, etc.

      Firme aí que logo mais ela chega!

  3. Eu adoro essas contas. Poderia passar o dia inteiro fazendo esses cálculos sem cansar (e lendo blogs que fazem isso). Juros compostos realmente são a 8ª maravilha do mundo.

    Obrigado pelo excelente post!

    Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo